FILOSOFIA COM CRIANÇAS

A Filosofia torna as crianças poderosas.

DSCF1080

Para quê fazer Filosofia com as crianças

O Diálogo Filosófico melhora as competências verbais e argumentativas das crianças. Ensina-as a ouvir com atenção os seus amigos, a explicar com cuidado e clareza as suas ideias, a aceitar críticas e a saber criticar com respeito as ideias dos outros.

A Filosofia cria uma verdadeira comunidade de comunicação dentro da sala de aula levando os alunos a viver experiências muito significativas  ao nível cognitivo, social e afectivo.

peripateticos

mail: tiomas@yahoo.com

Apresentação

Os Projectos JOVENS FILÓSOFOS, FILÓSOFOS A BRINCAR e GOSTAR DE PENSAR são desenvolvidos por Tomás Magalhães Carneiro, professor de Filosofia com Crianças e fundador do Clube Filosófico do Porto.

Estes projectos, inspirados nas propostas pedagógicas em Filosofia com Crianças de Mathew Lipman, Oscar Brenifier, Thomas Wartenberg, Peter Worley e Tim Kenyon visa desenvolver nas crianças competências de raciocínio, comunicação e socialização fundamentais.

Através do Diálogo entre os alunos procura-se fomentar a sua curiosidade natural trabalhando ao mesmo tempo a sua capacidade de verbalizar aquilo que pensam, de cooperarem na resolução de problemas e desenvolverem o seu espírito crítico e criativo face ao mundo. O exercício do Diálogo é uma excelente forma de se criar uma comunidade de investigação entre os alunos que, dessa forma, são naturalmente levados a ouvirem-se uns aos outros e a pensarem em grupo com a ajuda de um facilitador/filósofo sobre os problemas que vão surgindo nas diversas sessões de filosofia. O programa de Filosofia com Crianças é uma importante forma de os alunos desenvolverem auto-confiança, de perderem o medo de falar em público e de se esforçarem por compreender e ser compreendidos pelos outros.

flor_2-1

Contextualização

As sessões de Filosofia com Crianças que desenvolvemos enquadram-se no chamado paradigma socrático que atribui grande importância à aprendizagem cooperativa em “comunidade de investigação” através do diálogo entre os alunos. Segundo este paradigma todo o conteúdo das sessões deverá ser tratado pelos alunos, tendo o facilitador apenas a função de provocar e dirigir de uma forma subtil o questionamento filosófico e não ensinar ou divulgar as doutrinas dos filósofos. Segundo este modelo “socrático” de ensino  cabe inteiramente ao grupo o papel de clarificar e pensar filosoficamente os conteúdos da sessão, sendo que ao facilitador compete apenas zelar para que estejam presentes as condições que permitem ao grupo prosseguir a sua investigação.

Objectivos.

Durante um curso de Filosofia com Crianças procura-se que os alunos desenvolvam e pratiquem várias competências filosóficas tais como:

– Formular questões claras e pertinentes

– Desenvolver capacidades argumentativas e de pensamento crítico.

– Desenvolver o pensamento autónomo e criativo.

– Aprofundar intelectualmente as suas experiências particulares do dia-a-dia.

– Aprender a ter paciência e a “perder tempo” com os problemas com que se deparam não se precipitando para a primeiras conclusões.

– Compreender a importância de ouvir os outros, compreender e ser compreendido.

Tomás Magalhães Carneiro – Investigador IF, Universidade do Porto

Entrevista para o Blog da JoanaRSSousa

– Entrevista sobre FcC

– Filosofia com Crianças… em conversa!

PROJECTOS EM CURSO

Colégio Novo da Maia (desde 2013)

Centro Escolar de S. Miguel de Nevogilde, Porto (desde 2011)

Escola Infantil “A Flor”, Porto (desde 2008)

Colégio do Sardão, Vila Nova de Gaia (desde 2009)

Externato S. João de Brito, Porto.

OUTRAS COLABORAÇÕES

Universidade Júnior do Porto, Oficinas “Jovens Filósofos” e “Filósofos a Brincar” (2008 a 2013).

Agrupamento de Escolas de S. Pedro da Cova, Gondomar (ano letivo 2013/2014)

Colégio Luso-Internacional do Porto (CLIP), Porto (desde 2011)

Associação De Mãos Dadas, Rio Tinto (2011/2012)

Colégio Oceanus, Vila Nova de Gaia (2009/2010)

Fnac – Portugal “Fórum Miúdos” (desde 2010)

Câmara Municipal do Porto – Casa do Infante, projecto “Sair da Gaveta” (2012/2014)

Jardim de Infância “Chapéu de Palha” (2009/2011)

Cooperativa Fio de Ariana, Porto (2012/2013)

Jardim de Infância “O Barquinho”, Matosinhos (2009/2012)

Academia Studiosus, Porto (desde 2007/2014)

 

Projecto Filósofos a Brincar (4-10 anos)

– Escola Infantil a Flor (4-5 anos) – Injustiça

– Filosofia com Crianças (9-10 anos) – Sabemos¿  (youtube)

– Escola Infantil a Flor (4-5 anos) – As Sementes do Diálogo

– Jardim de Infância O Barquinho (3-4 anos) – O Olho da Imaginação

– Escola Infantil “A Flor” (4-5 anos) – A Caixa das Coisas Reais

– Escola Infantil “A Flor” (4-5 anos) – Três Bananas

– Escola Infantil “A Flor” (4-5 anos) – A Caixa da Vida

– Escola da Vilarinha (4-5 anos) – “Em Filosofia nós somos os professores”

– Colégio do Sardão (1º ciclo) – Problemas com o Universo

– Colégio do Sardão (1º ciclo) – Problemas com o Tempo

– Associação de Solidariedade Social “De Mãos Dadas” – Filosofia com Pais e Filhos

– Jardim de Infância “O Barquinho” – O Bem e o Mal

– Jardim de Infância “O Barquinho” – Bonito e Feio

– Escola Infantil “A Flor” – “Que pergunta farias a um novo amigo?”

– Jardim de Infância “Chapéu de Palha” (4-5 anos) – O rio de Heraclito

– Jardim de Infância “O Barquinho” (4-5 anos) – A Cadeira

Colégio do Sardão. 4º ano (9-10 anos) – As crianças sabem fazer filosofia? , Sessão de Perguntas Filosóficas

– 1º Serão Filosófico com Crianças e Pais Colégio do SardãoSomos a mesma pessoa a vida toda?

– 2º Serão Filosófico com Crianças e Pais no Colégio do Sardão – Perguntas Filosóficas

– 3º Serão Filosófico com Crianças e Pais no Colégio do SardãoO que é a beleza?

– Escola Infantil A Flor – Perguntas com porquês

– Escola Infantil A Flor (4-5 anos)Somos todos iguais ou todos diferentes?

– Escola Infantil A Flor (4-5 anos) – O balão tem um rabo?

– Jardim de Infância Chapéu de Palha (4-5 anos) – Perguntas com “porquês”

Jardim de Infância Chapéu de Palha (4-5 anos)As crianças podem ser professores?

– Jardim de Infância Chapéu de Palha (4-5 anos) – Jogo das decidições – Quem decide?

Projecto Jovens Filósofos (10-14 anos)

– Colégio Novo da Maia, 2013 – Guerrilha Filosófica

– Universidade Júnior 2013 – Peripatéticos (vídeo)

– Universidade Júnior 2013 – Somos mais importantes que um insecto? (vídeo)

– Universidade Júnior 2013 – O Essencial (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – O Silêncio é de Ouro (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – Os alunos são os professores. (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – O homem é o lobo do homem

– Universidade Júnior 2012 – Pensar o Impensável (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – “Eles confiam mais em ti do que tu!(vídeo)

– Universidade Júnio 2012 – O que é ser a mesma pessoa? (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – Advogado do Diabo (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – O Mito de Sísifo (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – Quem sou eu? (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – És Feliz? (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – O que é ser livre? (vídeo)

– Universidade Júnior 2012 – A descoberta de um Paradoxo (vídeo)

-Diálogo Filosófico no IPCA, Barcelos – A Beleza pode ser bela?

– Universidade Júnior 2011 – O que havia antes do Universo? (Parte I, Parte II) (vídeo)  

– Universidade Júnior 2011 – Para fazer filosofia temos de estar mortos (Parte I, Parte II, Parte III, Parte IV) (vídeo)

– Universidade Júnior 2011 – Não perguntes, pensa! (vídeo)

– Universidade Júnior 2011 – O que existiu antes do Universo?  (vídeo)

– Universidade Júnior 2010 –  A vida é infinita? (Parte I, Parte II, Parte III, Parte IV, Parte V) (vídeo)

– Universidade Júnior 2010 (vídeo) Pode uma teoria falsa ser boa? (vídeo)

– Universidade Júnior 2010 – Podemos viver sem regras?

– Universidade Júnior 2010 – Os homens são máquinas?

Universidade Júnior 2010 “Existe matéria no Universo?” Bernardismo vs. Baptistismo?

Universidade Júnior 2010Eu chamo-me Jorge Silva

Universidade Júnior 2010 O que é o óbvio?

Universidade Júnior 2010 Quanto tempo temos para fazer filosofia?

Universidade Júnior 2010 A morte é uma certeza?

Universidade Júnior 2010 A minha camisola é verde?

Universidade Júnior 2010 Eu existo?

– Universidade Júnior 2010 Os animais riem-se?

Universidade Júnior 2010 A terra é esférica?

Universidade Júnior 2010 Pensar fora do quadrado

Academia Studiodus – Oficina de Filosofia nas Férias da Páscoa

– Academia Studiosus  – O caracol independente.

Academia Studiosus – O que é a indepedência?

Universidade Júnior 2009 – Somos livres?

Universidade Júnior 2009 – O que é influenciar?

Universidade Júnior 2009 – A preguiça só tem aspectos negativos?

– Universidade Júnior 2009 – Aprender a fazer perguntas

Universidade Júnior 2009 – A inconsciência de um louco torna-o livre?

Universidade Júnior 2009 – Existem unicórnios?

Universidade Júnior 2009 – A minha mãe diz-me que não posso ser filósofa.


12 thoughts on “FILOSOFIA COM CRIANÇAS

    1. olá Cibele,

      não conheço nenhum curso on-line de FcC. O melhor que lhe posso fazer é remetê-la para os vídeos e exercícios que tenho aqui publicados no site (Link Caixa de Pandora) e pôr-me à sua disposição para ajudar no que souber/puder.

      Um abraço,
      Tomás

      1. Bom dai Tomás,

        Obrigada por ter me respondido. Tenho lido as atividades postadas por vc no site, são ótimas. A escola em que trabalho tem um material impresso para os alunos, que é de educação em valores. Minha dúvida é como vou avaliar, já que é uma escola formal e é atribuído ao aluno uma nota. Pensei em avaliar através de uma ficha com habilidades do pensamento e transformar em nota. Vc teria alguma sugestão ou um modelo de avaliação para 8, 9, 10 e 11 anos?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s