Igualdade, Desigualdade e Justiça

desig2

E se a posição mais justa for uma posição de desigualdade? É possível que a igualdade seja justa?

É para levar os nossos alunos a reflectirem e a compreenderem melhor estes três conceitos e as diferentes formas como se relacionam entre si que desenvolvemos este exercício tendo por base uma experiência mental apresentada por Harry Frankfurt no livro “Sobre a Desigualdade”. O exercício é composto por três perguntas que os alunos devem ir respondendo sucessivamente. No fim do diálogo devemos deixar algum tempo para uma reflexão final de cada aluno sobre a forma como o seu entendimento sobre estes conceitos mudou (ou não mudou).

igual

1 – Somos todos iguais?

Esta é uma importante pergunta introdutória pois permitirá aos alunos explorarem os vários sentidos de igualdade (física, psicológica, política, moral, de direitos, de deveres, etc.)

 

planeta-terra

 

2 – No Mundo há mais igualdade ou desigualdade?

Esta pergunta levará os alunos a centrarem-se em questões como a riqueza e a pobreza, a educação, a sorte e o azar, a justiça e a injustiça.

desigual

3 – Com desigualdade pode haver justiça?

Esta pergunta traz-nos para o campo conceptual que nos interessa (o da desigualdade e da justiça), sendo que com as reflexões suscitadas pela pergunta anterior os alunos já estão mais informados acerca dos vários tipos de igualdade/desigualdade e quais os que importa debater. A generalidade dos alunos defenderá que com desigualdade não pode haver justiça (esta é a resposta mais intuitiva e, seguramente, a que um maior número de pessoas daria), mas prepare-se pois alguns alunos defenderão que por vezes é mesmo necessário haver desigualdade para que exista justiça (o tratamento desigual dado a presos, a pessoas com deficiência ou a crianças foram alguns dos exemplos que surgiram nas minhas aulas).

desig

Por fim apresentamos aos nossos alunos a seguinte experiência mental de Harry Frankfurt:

Uma aldeia com 10 pessoas. Todas têm de comer dez pães ou morrem. Só há 80 pães para distribuir por todos. Decidiu-se entregar 10 pães a 8 pessoas e deixar as outra duas morrer.

E fazemos a seguinte pergunta:

4 – Foi uma decisão justa?

Alguns alunos terão necessidade de alterar a sua resposta à pergunta anterior, outros defenderão posições intermédias como “deixar morrer duas pessoas foi a decisão correcta, mas não a mais justa. Justo seria morrerem todos pois teriam um tratamento igual.”

A esta posição podemos contrapor a seguinte pergunta que seguramente deixará muitas cabeças a “andar à roda”:

4 – Se pudesses escolher, preferias viver numa sociedade justa (que deixaria todos morrer) ou numa aldeia/sociedade injusta onde, ainda assim, terias algumas hipóteses de sobreviver?

Bons diálogos!

Anúncios

One thought on “Igualdade, Desigualdade e Justiça

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s