Homens e Máquinas

 

A propósito desta entrevista de Luciano Floridi ao jornal Público sobre Inteligência Artificial e seus limites “num mundo de máquinas cada vez mais inteligentes”. As seguintes perguntas podem ser um bons começos para um Diálogo com os nossos alunos sobre a tecnologia e os seus impactos na sociedade.

  1. As máquinas “self-service” nos supermercados substituem os empregados. Devemos usá-las?
  2. Devemos pôr limites à tecnologia?

Durante o diálogo poderão surgir outras perguntas mais gerais sobre máquinas e humanos (inteligência artificial e humana), trabalho e ócio.

3. As máquinas poderão substituir todo o trabalho humano?

(se os alunos não o fizerem podemos dar alguns exemplos: carpinteiro, médico, político, pai/mãe; amigo, animal de estimação)

4. As máquinas deverão substituir o trabalho humano?

5. Poderão haver máquinas mais inteligentes que nós?

6. As máquinas poderão criar arte?

7. As máquinas pensam?

“De que forma a humanidade é única se tudo o que fazemos pode, em princípio, ser feito por uma máquina?”

8. Somos diferentes das máquinas?

9. Seria possível todo o trabalho ser feito por máquinas?

10. Seria bom não trabalhar?

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s