INVENTAR OU DESCOBRIR (eles é que são as estrelas)

univers

Porquê

Inventar e Descobrir são dois conceitos que nos fazem pensar sobre a relação que mantemos com as coisas que nos rodeiam. Até que ponto inventamos a realidade ou somos seus “descobridores”?

Dependendo das idades e da maturidade do grupo podemos desenvolver este exercício de diversas formas mas o importante é fazer com que os nossos alunos se ouçam criando espaços e tempos próprios para a reflexão, o diálogo e a (possível) mudança de opinião.

Com os mais novos (5, 6 anos) uma boa ideia é dividir a sala em duas metades, a “da Invenção” e a “da Descoberta”, e deixar no meio um espaço para os indecisos, a “zona não sei”.

Os alunos vão respondendo às perguntas que vamos fazendo e movimentam-se de um lado para o outro de acordo com o conceito que escolherem, apresentando as suas razões, ouvindo as razões dos outros e mudando de lado sempre que uma razão os convença. Esta dinâmica, além de criar movimento e dinamismo na sala de aula, dá aos nossos alunos a noção de que as razões que apresentam e ouvem não são meras palavras mas que têm efeitos muito concretos no mundo real, neste caso fazê-los andar de um lado para o outro numa sala e convencer os outros a fazê-lo também.

Para os alunos mais velhos, ou para os grupos mais maduros, mantendo a dinâmica de movimento na sala, podemos simplesmente pedir-lhes que troquem de lugar uns com os outros duas ou três vezes entre cada nova opção sugerida. Dessa forma ouvem várias ideias de vários amigos e podem assim experimentar o gosto de ouvir ideias diferentes de diferentes amigos. Com os alunos mais novos costuma acontecer um efeito de contágio entre pares, com os dois alunos a defenderem a mesma posição. Ao terem de trocar sistematicamente de pares os alunos irão confrontar-se seguramente com ideias diferentes da sua e, dessa forma, terão obrigatoriamente de pensar por si mesmos na resposta a dar.

Neste sentido é muito importante, antes de fazer uma nova pergunta, procurar saber quais os alunos que depois de ouvirem os seus colegas mudaram de posição e porquê.

Como

1 – Qual destas duas palavras (Inventar ou Descobrir) devemos usar quando falamos de:

  • Natureza

nature

  • Palavras

palavras_01

2_2

  • Amizade

amizade

  • Felicidade

images

  • Fantasmas

ghost

  • Tempo

tempo

  • Universo

univers

  • Música

music

Nota Final

De um bom grupo de “jovens Filósofos” (que se saibam ouvir, que pensem antes de falar, que estejam dispostos a mudar de ideias tendo em conta as ideias dos seus amigos, etc.) podemos esperar um muito rico fluir de ideias em que os conceitos de Inventar e Descobrir abrem-se a vários significados, como “aprender, “mentir”, “encontrar dentro de nós”, “fabricar”, “lembrar”, etc.

É sempre importante sublinhar que o papel do professor é, nestes diálogos, de mero facilitador da discussão clarificando e incentivando a que os alunos explorem as várias ferramentas para pensar que já possuem (críticas, perguntas, etc.) mas nunca em caso algum deve procurar substituir-se aos alunos na reflexão e na problematização destes conceitos e problemas. Eles é que são as estrelas e, por isso, devem ser o centro da aula. Não nós.

Exercício desenvolvido para os meus alunos do 1º ciclo do Colégio Novo da Maia.

Anúncios

One thought on “INVENTAR OU DESCOBRIR (eles é que são as estrelas)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s