Filosofia Crítica

"Levar a filosofia às pessoas, levar as pessoas a filosofar." tiomas@yahoo.com

Perguntas Filosóficas


Uma das riquezas destas sessões de Filosofia Prática, quer com adultos quer com crianças, está na profundidade e alcance das perguntas filosóficas com que nos vemos confrontados. Algumas (muitas) dessas perguntas têm a capacidade de nos impressionar simplesmente por terem sido colocadas, mas também pela enormidade e profundidade das respostas que pedem.

A nossa aptidão para o trabalho filosófico pode ser aferida tanto pelo gosto que temos pelas perguntas em si mesmas quanto pela vontade que demonstramos em tentar responder-lhes. E a verdade é que nestas sessões enfrentamos e tentamos encontrar respostas (da melhor maneira que conseguimos) a muitas e difíceis perguntas filosóficas uma e outra vez sem nunca desistirmos. Outras vezes, porém, devido a limitações inultrapassáveis de tempo e de método, somos forçados a deixar  algumas perguntas de lado “para discutirmos numa outra altura”, costumamos dizer.

O que se segue é uma lista (sempre actualizada) de algumas das perguntas que vão surgindo durante as nossas sessões. Deixo um (link) para aquelas que numa ou noutra sessão procurámos aprofundar e responder (e que ficaram registadas por escrito ou em vídeo). Todas as outras, parafraseando um amigo meu músico, são a parte branca do nosso fiambre filosófico e deixo-as aqui registadas para serem encaradas como um convite ao pensamento que há de vir.

Cada uma destas perguntas daria para várias horas de conversa filosófica. Experimente!

 

- O que há de comum e diferente entre a arte e a ciência?

- A ciência pode tornar-nos sobrehumanos?

- Por que devo ser justo?

- A semente de um carvalho é um carvalho?

- Uma conversa pode provar alguma coisa?

- Qual diferença entre teimosia e  perseverença?

- A Filosofia lida com o espiritual?

- Podemos ter certeza de alguma coisa?

- A humanidade evolui?

- O que faz de nós melhores pessoas?

- A Filosofia é subjectiva?

- A alma existe?

- “Não existem pessoas más, apenas acções más”. Concorda? 

- É bom acreditar no destino?

- Deveríamos matar uma pessoa para salvar dez?

- O que torna algo uma obra de arte?

- Para que serve a arte?

- Quando é que proteger é mau?

- Obedecer é deixar de ser livre?

- De que é que não nos devemos rir?

- A religião liberta?

- É possível provar a existência ou a inexistência de Deus?

- É mais fundamental o “como” ou o “porquê”?

- É possível ensinar o que ignoramos?

- Os homens são todos iguais?

- O que é preciso para se ser Humano?

- O conhecimento tem limites?

- O pensamento tem limites?

- Damos mais importância à aparência ou à realidade?

- Vivemos no melhor dos mundos possíveis?

- Preferias viver num filme bom ou numa má realidade?

- Ser livre é ter tudo o que queremos?

- A aparência é mais rica que a realidade?

- Como passar da aparência à realidade?

- Como distinguir aparência de realidade?

- Para pensar devemos deixar de pensar. Concorda?

- Podemos conhecer uma maçã através de uma fotografia?

- Qual é mais belo, uma pedra ou um diamante de plástico?

- Somos o cume da evolução?

- Há conhecimento intuitivo?

- O nada existe?

- O “não” existe?

- É possível gostar de alguém radicalmente diferente de nós?

- Seria bom viver para sempre?

- Devemos cumprir sempre as regras?

- As máquinas podem pensar?

- É sempre necessário obedecer?

- Devemos ser sempre sinceros?

- Um serial killer pode ser um artista?

- Os pensamentos são reais?

- Tudo o que existe é material?

- Como distinguir “arte” de “não arte”?

- Querias viver num mundo sem maldade?

- Há algo mais importante que a Felicidade?

- Por que devo ser justo?

- Os animais têm direitos?

- Somos mais importantes que um insecto?

- A Verdade é preferível à mentira?

- A Filosofia leva ao conhecimento?

- A ciência melhora o homem?

- O Universo é consciente? (Link)

- O Nada é perfeito?

- A espécie humana tem evoluído para melhor?

- O que é ser homem?

- Para que serve o homem?

- As pessoas mudam?

- É possível “não estar em mim”?

- Podemos ser felizes sozinhos?

- Somos aquilo que parecemos?

- “O que é verdade para mim não é verdade para ti”. Concordas?

- A ciência pode conhecer o amor?

- O que é uma pessoa bem sucedida?

- O que é pensar por si próprio?

- Há algo impossível de pensar?

- Existem verdades auto-evidentes?

- A realidade é lógica

- O que torna uma acção justa?

- O que é uma sociedade aberta?

- O que é ter liberdade de expressão?

- A sociedade corrompe o homem?

- Educar é melhorar os indivíduos?

- Somos todos filósofos?

- Por que acreditamos no que acreditamos? (Link)

- As coisas poderiam ter sido diferentes do que são?

- Como é que nos conhecemos a nós próprios.

- Qual o melhor acesso ao conhecimento de mim mesmo?

- Os animais pensam?

- A ciência é como uma religião. Concorda?

- O conhecimento tem limites?

- O Universo podia não existir?

- Conhecemos a realidade?

- Controlamos a tecnologia ou ela controla-nos?

- É possível mentir a mim próprio?

- Há coisas que acontecem por acaso?

- O Universo é perfeito?

- A perfeição existe?

- O Universo é uma boa invenção?

- Conhecendo a parte podemos conhecer o todo?

- Podemos conhecer a parte sem conhecer o todo?

- A eternidade existe?

- Os ateus são crentes?

- Como sabemos que sabemos?

- Há tantas realidades quanto seres humanos?

- Bem e Mal são subjectivos?

- Qual o fundamento do bem e do mal?

- Existe um sentido da vida?

- Para conhecer as partes temos de conhecer o todo. Concorda?

- Para conhecer o todo temos de conhecer as partes. Concorda?

- Pensar é dialogar com a incerteza. Comente.

- Podemos ser felizes sozinhos?

- Somos o que aparentamos?

- Hoje não estou em mim. Comente.

- Só devemos acreditar no que vemos?

- A nossa vida tem objectivo? (link)

- Qual o nosso lugar no universo? (link)

Pensamos melhor quando estamos desprendidos ou sóbrios? (link)

- Que finalidade desejaríamos para a nossa vida? (link)

- Há um uso correcto para a nossa vida? (link)

Porque é que existe o ser em vez do nada? (link)

- É necessário acreditar no que nos dizem os professores?

- É sempre possível conhecer melhor uma coisa?

- Os adultos sabem mais que as crianças?

- Todas as opiniões valem o mesmo?

- A verdade não pode ser posta em causa?

- Só a ciência nos diz a verdade?

- Quanto mais estudamos mais sabemos?

- Há coisas que não devemos saber?

- Nada é o que parece?

- Só sabemos o que nos ensinam?

- O Bem existe? (link)

- O Bem e o mal são opiniões? (link)

- Bem e Mal são reversíveis? (link)

- Por que é que somos maus? (link)

- Bem e mal são construções? (link)

- Podemos ser bons e maus ao mesmo tempos? (link)

- Bem e mal são conceitos absolutos? (link)

- O que é o Bom? (Link)

- O que é a Beleza? (link) O que é a Beleza II (Link)

- A beleza é subjectiva ou objectiva? (link)

- Há varios tipos de beleza? (link)

- Qual a origem da beleza? (link)

- A beleza está dentro ou fora de quem a vê? (link)

- O que faz de algo “algo belo”? (link)

- A beleza é influenciável? (link)

- Necessitamos da beleza? (limk)

- Por que é que precisamos da beleza? (link)

- As palavras apontam para a realidade?

- O mundo é dual?

- A filosofia é necessária? (Link)

- O que é o conhecimento? (Link)

- É necessário definir algo para o conhecer? (Link)

- Só pode ser filósofo quem sabe o que é a filosofia? (Link)

- O que é o homem? (Link)

- Qual o objecto da filosofia? (Link)

- Qual o objectivo da filosofia? (Link)

- Há pensamentos sem palavras?

- O conhecimento leva à felicidade?

- Há entidades mentais?

- A felicidade é o fim última da existência?

- O que é ser feliz?

- A verdade faz-nos felizes?

- A ignorância traz felicidade?

- Somos os nossos melhores juízes?

- O conhecimento espelha a realidade?

- A filosofia dá-nos a verdade?

- Somos mais o que sonhamos ou o que fazemos?

- O homem é mau por natureza?

- Por que é que existimos?

- O que havia antes do universo? (link)

- Podemos ser imortais?

- O que nos faz humanos?

- Tudo tem uma razão de ser?

- O nada é alguma coisa?

- A vida é um caótica ou ordenada?

- Existe o destino?

- Existem a sorte e o azar?

- Somos independentes?

- Sei que existo?

- O que é a coragem?

- É possivel viver plenamente?

- As aparências são sempre superficiais?

- Somos mais que aquilo que aparentamos?

- Há mais realidade para além da aparência?

- Pensamos tudo aquilo que dizemos?

- Podemos dizer tudo aquilo em que pensamos

- O que há de mais básico?

- Há vidas sem valor?

- O que dá valor à vida?

- Somos eternos?

- Podemos saber se existimos?

- Ser feliz é ter prazer?

- Prefere a felicidade ou o prazer?

- Podemos encaminhar os homens para a felicidade?

- Por que queremos ser felizes?

- Como ser felizes?

- O que salvava de um incêndio, um desconhecido ou a Guernica?

- Trocaria a filosofia pelo sofrimento humano?

- Vale a pena viver?

- A arte deve ser agradável?

- O que nos dá melhor conhecimento do mundo: a ciência ou a arte?

- A arte liberta-nos?

- Há alguma relação entre o Belo e a Verdade?

- O que há de mau na liberdade?

- O que é ser autónomo?

- Hoje há menos valores que há 50 anos?

- Um incêndio pode ser belo?

- O conhecimento é uma construção ou uma descoberta?

- O triângulo foi descoberto ou inventado?

- O que é viver autenticamente?

- Os estereótipos são úteis?

- Há algo de verdadeiro nos estereótipos?

- O que é a virtude?

- O conhecimento leva-nos ao bem?

- Somos os únicos responsáveis pelas nossas vidas?

- É bom ter uma educação académica?

- O que é fazer as coisas “à minha maneira”?

- Somos mais que uma pessoa ao longo da vida?

- Há diferença entre ser um indivíduo e ser uma pessoa?

- O que te define? (trabalho, família, nome, hobbies, etc.)

- És aquilo que fazes?

- O que é uma mente aberta?

- É difícil comunicar?

- Quais os limites da comunicação?

- É melhor pensar sozinho ou em grupo?

- Por que é que construímos fronteiras?

- As palavras criam mundos?

- A tecnologia impede a comunicação?

- Tendo em conta o sofrimento humano, é bom haver humanidade?

- Para quê revelar a nossa intimidade?

- Podemos pensar sem linguagem?

- Há coisas que não podem ser ditas?

- É mau revelar a nossa intimidade?

- Tendo em conta o sofrimento humano, é bom haver vida?

- Vale a pena viver?

- Matarias alguém para salvar Florença?

- O que salvavas de um incêndio no Louvre: um homem ou todas as obras de arte?

- O que é preciso para ser feliz?

- O que nos torna mais livres?

- Podemos forçar os homens a ser felizes?

- O que nos conduz à verdade?

- Seria bom podermos controlar totalmente o nosso destino?

- Seria bom ser eterno?

- Ser livre é fazer o que queremos?

- É possível ser totalmente feliz?

- Podemos ter a certeza de que existimos?

- Podemos enganar-nos quanto à nossa felicidade?

- O que dá valor à vida?

- O que há de mais fundamental?

- Podemos dizer tudo aquilo em que pensamos?

- O conhecimento espelha a realidade?

- A ignorância traz felicidade?

- O conhecimento traz felicidade?

- A felicidade é o principal fim do ser humano?

- A verdade conduz à felicidade?

- O que é ser feliz?

- O que é uma vida boa e como a podemos alcançar?

- O que faz com que a vida valha a pena ser vivida?

- Seria bom viver eternamente?

- Seria bom que a nossa vida se repetisse eternamente?

- A verdade é um ponto de vista?

- As coisas são verdadeiras?

- O que é a Verdade? (Link)

- O que nos faz felizes? (link)

- A sabedoria conduz à felicidade?

- O prazer conduz à felicidade?

- A felicidade é alcançável?

- É preferível a verdade ou a felicidade?

- O que faz com que uma vida valha a pena ser vivida?

- Preferias viver só com a razão ou só com as emoções?

- O “bom” é o que dá prazer?

- A moral opõe-se ao emocional?

- É pior sofrer um mal ou infligi-lo?

- Seria bom termos tudo o que queremos?

- A filosofia é uma arte?

- A filosofia é uma ciência?

- Os animais sabem que existem?

- A filosofia conduz à verdade? (link)

- Para que serve a filosofia?

- A filosofia conduz à liberdade?

- É legítimo acreditar em Deus sem provas? (link)

- A vida é simples?

- O pensamento tem regras?

- Criamos as nossas próprias regras?

- Quem deve fazer as regras?

- O que é ser racional?

- O que é estar enganado?

- É possível sermos autênticos?

- A filosofia é subjectiva?

- A filosofia liberta-nos?

- As emoções libertam-nos? (link)

- A razão liberta-nos?

- O que é a perfeição?

- A perfeição existe?

- Há seres humanos perfeitos?

- Por que são precisas regras?

- Quando é que precisamos de regras?

- Quando é permitido mentir?

- Quando devemos ser altruístas?

- Quando devemos ser egoístas?

- Quando é que devemos aceitar a autoridade? (link)

- O que é viver bem?

- Quando é que a vida tem sentido?

- A morte é compatível com o sentido da vida?

- Como distinguir verdades de pontos de vista?

- Há verdade absolutas?

- Existem valores absolutos?

- Todos os valores são subjectivos?

- Um daltónico sabe o que é vermelho?

- Quando é que devemos ajudar os outros?

- O que fazer para nos tornarmos mais virtuosos?

- O que é ser responsável?

- Escolhemos o nosso futuro?

- Podemos justificar juízos de valor?

- Somos responsáveis pelo nosso futuro?

- O que é a amizade?

- Como nos podemos tornar seres humanos mais livres?

- Há conhecimentos filosófico?

- Podemos controlar o nosso destino?

- Quando é que o ressentimento é um sentimento bom?

- Por que é que a religião conduz à guerra?

- Há beleza sem seres humanos?

- Há beleza noutras galáxias?

- O belo existe?

- Onde está a beleza?

- A beleza é um sentimento?

- A beleza é uma ideia?

- O belo conhece-se?

- O belo pode ser feio?

- O que é a beleza?

- A cidade abre-nos horizontes?

- O conhecimento depende da experiência?

- O que é uma pessoa?

- Existem vários tipos de pessoas?

- Que tipos de pessoas há?

- A consciência liberta-nos?

-  A filosofia ensina-se?

- Podemos conhecer a realidade?

- Os homens são todos iguais?

- Há homens inferiores?

- Somos racionais?

- Queremos ser livres?

- Há conhecimento falso?

Eu existo? (link)

- Existimos antes de nascer?

- Existimos depois de morrer?

- A arte perpetua-nos?

- É possível falar sobre nada?

- Obrigações são regras?

- Quem deve fazer as regras?

- Há regras sem castigos?

- O que é o óbvio? (link)

- Os homens são máquinas? (link)

- Os animais riem-se? (link)

- Os homens são todos iguais?

- A morte é uma certeza? (link)

- O que é uma vida com sentido?

- É possível viver sem regras?

- Podemos viver sem leis?

- Devemos seguir sempre as regras?

- Quem deve governar?

- Os outros podem mandar em nós?

- Podemos mandar nos outros?

- Há homens inferiores?

- Podemos castigar quem nos faz mal?

- Que regras devemos seguir?

- Os instintos podem estar certos ou errados?

- Quando é que devemos ser egoístas?

- Quem pode ter liberdade?

- É sempre bom ter liberdade?

- O que é que nós temos para sermos seres com liberdade?

- Para que serve a liberdade?

- O mundo seria melhor se todos tivessemos liberdade total?

- Quanto custa a liberdade?

- A morte é o fim?

- A morte é a única certeza que temos na vida? (link)

- Deus serve para alguma coisa?

- Deus existe?

- A natureza humana existe?

- Deus pode morrer?

- Existe vida para além da morte?

- Por que é que nos preocupamos com o passado?

- Por que é que nos preocupamos com o futuro?

- Quem somos agora determina quem vamos ser amanhã?

- Há mente sem ideias?

- Qual a diferença entre a ganância e a ambição?

- Por que existe o terrorismo?

- Por que é que os EUA são o principal alvo de terrorismo?

- O que é que os terroristas ganham com o terrorismo?

- A guerra é algo mau? (link)

- Quando é que uma imagem vale mais do que mil palavras?

- Um criminoso é livre para não cometer um crime?

- É perigoso seguir regras?

- Como sabemos que regras seguir?

- Há beleza sem seres humanos?

- Qual o interesse em conhecer pessoas belas?

- Temos o direito de castigar quem nos faz mal?

- Há verdade na música?

- Podemos alguma vez ser cruéis?

- As vacas são brancas e pretas?* (link)

- A água é indispensável ao ser humano? (link)

- A religião é uma filosofia?

- A vida precisa de um sentido?

- Pode o sentido da vida parecer sem sentido?

- Qual o poder dos sentidos sobre a vontade?

-O que é a beleza? (link)

- A suma bondade é compatível com a punição da maldade? (link)

- As sombras existem?

- Quando é que o silêncio é conflituoso?

- O que significa ter razão?

- Amamos o que é belo ou consideramos belo o que amamos?

- O que é a satisfação?

- O que é a insatisfação?

- A filosofia conduz-nos à verdade?

- A vida humana pode ter um preço?

- O que é a justiça?

- Para que servem os mortos?

- Os sentimentos são conhecimento?

- Só os seres humanos falam?

- Só os seres humanos conhecem?

- Podemos conhecer algo inconscientemente?

- É importante conhecermo-nos a nós mesmos?

- A certeza é a verdade?

- O óbvio é a verdade?

- Podemos ver uma coisa sem a ver?

- É importante conhecermos a verdade?

- O que é a vergonha?

- O que é a culpa?

- Podemos ter opiniões objectivas?

- Certeza é verdade?

- O futuro pode influenciar o passado?

- Posso sobreviver à morte do meu corpo?

- Quando devo perdoar?

- O que é a alienação?

- O que é a amizade?

- O que é ser amigo?

- Quando é que o meu eu-pessoal se opõe ao meu eu-social?

- O que é ser virtuoso?

- O que é a angústia?

- O que é uma pessoa?

- Seria bom se conhecessemos tudo?

- O que nos faz pensar?

- É possível ter a certeza de alguma coisa?

- É possível conhecer a verdade?

- O real é pensável?

- Toda a ignorância é igual?

- Devemos silenciar as opiniões erradas?

- O que é conhecer algo?

- Não provar a culpa prova a inocência?

- Quando é que devemos evitar a verdade?

- O que é a transparência?(link)

- O que é a liberdade? I, II (link)

- As regras limitam a liberdade? (link)

- Quem sou eu?

- O que é um “eu”?

- Uma criança que não fale é um “eu”?

- Quantos “eus” há?

- O que é que em mim é só meu?

- O que é que em mim é dos outros?

- Eu sou o meu corpo?

- Eu sou os meus pensamentos?

- Há verdade sem conhecimento?

- Há conhecimento sem verdade?

- Existem vários tipos de verdades?

- Existe verdade sem linguagem? (link)

- Para que serve a verdade?

- É possível pensar sem qualquer referência à verdade?

- É possível pensar sem qualquer referência aos valores?

- Devemos confiar na nossa consciência?

- Devemos confiar nos nossos instintos?

- Podemos violar todas as leis?

- O presente é mais real do que o passado e o futuro?

- O óbvio é o verdadeiro?

- Os pensamentos podem doer?

- Se tudo tem um fim o que é que tem valor?

- Existe o nada?

- Pode ser legítimo matar?

- Há arte sem beleza?

- A beleza é importante para nós?

- Há verdade no erro?

- Podemos conhecer tudo o que há?

- O tempo é real?

- O amor é cultural?

- A vida vale a pena?

- A filosofia pode ser prática?

- O que é a filosofia?

- O outro é um limite à minha liberdade?

- Porque existe o mal?

- Existe o bem e o mal?

- A vida tem sentido sem Deus?

- Por que é que a vida ganha sentido com Deus?

- Somos livres?

- Perguntas filosóficas podem ter respostas empíricas?

- A filosofia depende da ambiguidade dos termos?

- Pode a filosofia morrer?

- Os conceitos podem ser bonitos?

- É possivel criar uma necessidade?

- É melhor filosofar sozinho ou acompanhado?

- O que é a beleza para um cego?

- Os homens são máquinas?

- O que é ser bom?

- Quando é que a segurança limita a liberdade? (link)

- As regras limitam a minha liberdade? (link)

- Um escravo pode ser livre?(link)

- A filosofia opõe-se à vida?

- A filosofia conduz à felicidade?

- O objectivo da filosofia é a felicidade?

- O amor traz felicidade?

- A poesia pode ser filosofia?

- O homem descobre-se ou inventa-se?

- Em que é que filosofar se equipara a morrer?

- As ideias podem impedir-nos de pensar?

- A nossa personalidade impede-nos de pensar?

- A arte é uma linguagem?

- A música é uma linguagem? (link)

- As crianças sabem fazer filosofia? (link)

- O “Penso logo existo” é necessáriamente verdadeiro? (link)

- Sem ideias haveria beleza?

- A aparência influencia a maneira de ser?

- Somos todos filósofos?

- Quando é que a vida tem sentido? (link)

- Qual a origem das ideias?

- O tempo existe independentemente de nós?

- As ideias são reais?

- Qual a realidade das ideias?

- As ideias reflectem a realidade? (link)

- Existem verdades absolutas? (link)

- Existem verdades morais? (link)

- Existem unicórnios? (link)

- Podemos ter a certeza que existimos?

- Podemos ter a certeza que o mundo existe?

- A Terra é ésférica?* (link)

- Os gostos discutem-se?

- Devo acreditar na minha mãe quando ela me diz que não posso ser filósofa? (link)

- O que pensamos define-nos?

- A linguagem revela-nos o mundo?

- Temos acesso directo às nossas ideias?

- Somos a mesma pessoa desde que nascemos? (link)

- A inconsciência de um louco torna-o livre? (link)

- Onde está o Porto? (link)

- Onde é que as palavras se encontram com as coisas?

- A ciência mostra-nos a realidade?

- De que forma a imprecisão mental pode influenciar a solução de problemas? (link)

- A verdade é a realidade?

- Conhecemos melhor através dos sentidos ou através das ideias?

- O que é o sentido da vida? (link)

- Podíamos viver sem ideias?

- Podíamos viver só com as ideias dos outros?

- Devo obedecer sempre aos meus pais? (link)

- Podemos ter ideias confusas?

- O que é uma ideia?

- Qual a origem das ideias? (link)

- Ser livre é fazer tudo o que queremos?

- O outro favorece a minha liberdade?

- Para ser livre basta ser independente?

- A liberdade adquire-se?

- Podemos obedecer e ser livres?

- A liberdade é um estado de espírito?

- O que é a liberdade? (link)

- A morte é um limite à liberdade?

- O estado é inimigo da liberdade?

- A arte liberta-nos?

- A arte pode impedir a nossa liberdade?

- Somos livres para mudar?

- O mundo é um obstáculo ou um veículo da nossa liberdade?

- O que é uma pessoa?

- Existem pessoas não humanas?

* nota final: algumas destas perguntas podem não ser consideradas “perguntas filosóficas” uma vez que a sua resolução passa por uma investigação empírica. No entanto, como poderão verficar pela discussão para que remetem, mesmo perguntas como “A terra é esférica?” ou “As vacas são brancas e pretas?” servem para trabalhar as competências filosóficas dos alunos.

20 Comentários»

  Magrao wrote @

EXISTE VERDADE SEM LINGUAGEM ?Em um mundo sem verdades existira o obvio ou a mentira, sendo assim existe verdade sem linguagem.
É obvio!

  Magrao wrote @

Ser livre é fazer tudo o que queremos?
A nossa liberdade termina quando começa a de outra pessoa, pois jamais estaremos livres das concequencias, ou seja, se fizermos tudo o que queremos inclusive tirar a liberdade de outro pessoa a nossa liberdade pode ser tirada tambem.

Gostei desse Cite!

  Magrao wrote @

Por que é que nos preocupamos com o passado?
Para que ele nao se torne o presente novamente.

Adoro essa resposta!

  Magrao wrote @

O que é uma pessoa?
Um ser capaz de pensar e agir, repito, capaz!

  Tomás Magalhães Carneiro wrote @

Nesse caso um ser humano que não seja capaz de agir e de pensar porque está, por exemplo, em coma profundo não é uma pessoa?
E quanto aos animais a que normalmente atribuimos pensamentos, como alguns mamíferos superiores. São capazes de algum tipo de pensamento e também, até certo ponto, agem. São pessoas?

  Magrao wrote @

Mesmo em coma a pessoa tem a possibilidade de pensar e agir pois pode se recuperar, e antes que mande outro exemplo tipo esse; crianças que nascem sem o cerebro, pra mim são apenas corpos humanos nada mais.
Em relação aos animais que tem algun vestigio de iteligencia, realmente é um bom argumento, em resposta eu divido com todos a definiçao de uma pessoa por
John Locke:

“um ser inteligente e pensante dotado de razão e reflexão e que pode considerar-se a si mesmo como aquilo que é, a mesma coisa pensante, em diferentes momentos e lugares.”

ou seja, apenas uma pessoa tem consciência de sua existencia .

  Luana de Andrade Costa wrote @

Acredito que uma criança que nasce sem cérebro continua sendo um ser humano, mas sem nenhuma capacidade de pensar. Sim são corpos humanos não pensantes, mas será que realmente são nada mais que “corpos humanos”?`
Penso que isso não é verdade, pois ainda acredito que uma criança com esse tipo de deficiência ainda tenha alma e todo ser humano com uma alma existe. Neste caso (da criança sem cérebro), não viveria como você e eu, mas apenas existiria no mundo… assim como muitas pessoas com um cérebro.

  Paulo Henrique wrote @

Penso que a resposta pra essa pergunta é uma convenção, pois, por exemplo, no passado os negros não eram considerados pessoas em meu país, e isso deve acontecer ainda com os excluídos sociais. Outro fato que ocorre é animais de estimação serem considerados como um membro da família, eles passam a ser mais uma pessoa da família.
Talvez a resposta pra essa pergunta não dependa da lógica.

  Hugo Bersi wrote @

Existe o bem e o mal?
O bem e o mal esta dentro de cada um, então se você pensa,faiz o mal o mal existe apenas dentro de você.
O bem existe em cada um de nós mas se você fizer o bem tanto pra você quanto pra outra pessoa o bem esta com todos, ao contrário do mal

  Magrão wrote @

O que é o óbvio? O óbvio é toda a resposta ou afirmação que não pode ser contestada no presente, pois no futuro podem aver descobertas que servirão como respostas melhores que as já existentes.
EX: No passado para se comunicar o óbvio era uzar a voz, mais com a invenção da escrita ou a descoberta que somos capazes de associar imagens com o som, hoje o óbvio é q para se comunicar podemos uzar a voz, imagens e tambem o tato.

Li o artigo da educação infantil, muito bom parabens, concerteza serão adultos mais concientes.

  Cláu wrote @

muito bom, adorei

  Leonardo wrote @

Muito bom, vou separar algumas para trabalhar com meus pares. Uma maiêutica, fazer nascerem respostas mesmo que incoerentes como parte de um processo infinito a se desenvolver.

  Bruna wrote @

Pq se mata? Pq o ser humano mata por amor?

  Jaime wrote @

Há respostas para todas as perguntas?

  Jaime wrote @

porque os rios vão para o mar,mas o mar nunca enche?

  Tomás Magalhães Carneiro wrote @

Que grande pergunta Jaime ;)
Vou colocá-la aos meus alunos.
Abraço

  Tomás Magalhães Carneiro wrote @

Jaime: “Há resposta para todas as perguntas?”

Veja aqui:

http://aartedodialogo.blogspot.pt/2013/04/sabemos.html

  Aline wrote @

Porque a filosofia critica os deuses e os mitos gregos ? preciso muito da resposta ;)

  ana carolinna carvalho wrote @

Qual a importância da racionalidade para uma vida boa??

  Tomás Magalhães Carneiro wrote @

Excelente pergunta, Carolina.
Qual é?


Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 137 outros seguidores

%d bloggers like this: